Sustentabilidade

Entenda como o compartilhamento de roupas se tornou tendência no mundo da moda

No boletim do Sebrae RJ, veja como modelos de negócio da economia colaborativa estão revolucionando negócios e transformando o mercado. Saiba mais!

A ideia de compartilhar roupas como negócio se origina da economia compartilhada. Nela, o acesso ao produto, serviço ou ao benefício é mais importante do que a posse.

Este modelo de negócio tem sido aceito pelos clientes, pois abre a possibilidade de renovar o guarda-roupa sem precisar adquirir novas peças.

Está aliado ao conceito da inovação disruptiva, uma profunda mudança que introduz novos benefícios ao mercado, muitas vezes a um menor custo.

Rompendo paradigmas, desacomoda modelos consolidados. Um exemplo é o efeito gerado pelo uso da internet nos hábitos de consumo, o que gerou um novo canal de comercialização para as empresas, a custos mais baixos.

No Boletim de Tendências do Sebrae RJ, descubra tudo sobre o mercado de compartilhamento de roupas.  Entenda como pode ser uma opção de negócio interessante para as pessoas que empreendem no varejo de moda. Baixe gratuitamente e boa leitura!

Dicas de leituras complementares

Se preferir, fale com especialistas no Atendimento Online, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800 570 0800 ou visite o Ponto de Atendimento mais próximo.